Return to site

A Ordem Natural

O livro fundamental para que o católico paute seu posicionamento e sua ação política

· Resenha de livro

Existe uma razão para as ideologias desenvolvidas nos últimos séculos terem abalado o mundo: prometem uma paz perfeita na terra. E é esse o motivo de serem tão destrutivas: para promover essa paz destroem a própria natureza das coisas ao tentar adaptá-las a uma ideia perfeita de sociedade pré-concebida por seus teóricos, afastando o homem da ordem da qual e para qual foi criado e sem a qual não terá paz.

Carlos Alberto Sacheri empreende em A Ordem Natural uma brilhante refutação a diversas dessas ideologias, tais como o comunismo, o liberalismo, o nazismo e o fascismo, que aprisionaram o homem moderno em concepções falsas de si mesmo. Ele enfatiza a necessidade de o homem superar essas ideologias buscando um entendimento melhor de sua natureza, aceitando que a ordem natural é anterior ao próprio homem e que, portanto, não pode fugir dela.

Como explicado por Mons. Adolfo Tortolo no prólogo do livro:

a ordem natural não é um submundo ou uma ordem de emergência. Tampouco é obra da livre determinação humana. A ordem natural é anterior ao homem. Fundamenta-se em Deus e participa do recôndito mistério do mesmo Deus, cuja ordem divina e eterna se reflete na ordem natural.”

O livro consiste em um compêndio com 50 artigos periódicos publicados no diário argentino La Nueva Provincia. Neles Sacheri ilumina com o ensinamento bimilenar da Igreja, com a razão e com a filosofia cristã muitas problemáticas atuais tais como as estatizações, a organização sindical, a democracia, etc., e o faz de forma acessível ao leitor médio, mas sem deixar de atingir a profundidade necessária para se alcançar a raiz dos problemas. Ademais, esclarece vários conceitos importantes, geralmente mal-entendidos, como a dignidade da pessoa humana, o bem comum, o Estado e a propriedade.

Essa é, antes de tudo, uma obra necessária para se compreender a questão social no mundo contemporâneo sob uma perspectiva católica, isto é, seguindo a Doutrina Social da Igreja.

Foi a fidelidade de Sacheri à Santa Igreja na defesa incansável da verdade a razão de sua morte. Foi assassinado pela guerrilha comunista diante de sua família quando retornava da Santa Missa, no dia 22 de dezembro de 1974. Em memória e em homenagem aos 40 anos de sua morte, as Edições Cristo Rei publicaram pela primeira vez no Brasil esta edição de A Ordem Natural, que pode ser adquirida aqui: http://edicoescristorei.com.br/livros/a-ordem-natural/.

Sigamos, portanto, seu exemplo: aquele que deseja que Cristo reine não pode ficar inerte ante a negação da natureza por parte das ideologias que promovem o aborto, o homossexualismo ou a abolição da propriedade, ou ainda daquelas que defendem a primazia absoluta da propriedade independentemente da miséria de muitos. Conscientes de que essas violações à ordem natural consistem também numa violação à vontade de Deus, os fiéis leigos devem lutar pelo ordenamento da sociedade a fim de que Cristo viva, reine e impere sobre todas as realidades.

E você, conhece algum livro interessante que podemos sugerir? Então deixe um comentário com sua ideia! Aproveite sua visita em nosso site e confira nossos infográficos sobre a Doutrina Social da Igreja:

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly